terça-feira, 1 de setembro de 2009

Projeto Folclore na sala de aula

ESSE PROJETO FOI REALIZADO COM PESQUISA DA WEB.

Projeto: Folclore.

Tema: O folclore na sala de aula.

Clientela atingir: alunos de 03 a 04 anos de idade.

Duração: 17 a 31 de agosto de 2009.

Justificativa: Folclore é a maneira de agir, pensar e sentir de um povo ou grupo com as qualidades ou atributos que lhe são inerentes, seja qual for o lugar onde se situa o tempo e a cultura. Não é apenas o passado, a tradição; ele é vivo e está ligado à nossa vida de um jeito muito forte. Por isso, é tão importante conhecê-lo.

O saber folclórico é o que aprendemos informalmente no mundo, por meio do convívio social - por via oral ou por imitação. Ele é universal, embora aconteçam adaptações locais ou regionais, como conseqüências dos acréscimos da coletividade.

Portanto, O saber popular é um dos pontos de partida para o fazer pedagógico, buscando assim ampliar o conhecimento, compreensão e análise sobre o folclore brasileiro através do diálogo com os alunos, de questionamentos a respeito de suas próprias experiências sobre as diversas lendas, brincadeiras, brinquedos, parlendas, cantigas, trava-línguas e etc.,

Objetivo geral:

Despertar e estimular o prazer pela cultura popular, valorizando as manifestações folclóricas, a diversidade cultural das várias regiões do Brasil.

Objetivos específicos:

  • Valorizar as manifestações culturais;
  • Estimular o gosto pelo pela cultura popular;
  • Resgatar brinquedos e brincadeiras folclóricas;
  • Conhecer algumas lendas folclóricas;
  • Desenvolver a socialização da criança, incentivando o trabalho em grupo;
  • Desenvolver a linguagem oral e escrita;
  • Ampliar o vocabulário;
  • Propiciar às crianças a participação em diversas brincadeiras;
  • Estimular o ritmo, a criatividade e prazer pelas cantigas de roda;
  • Desenvolver e trabalhar a coordenação motora ampla e fina;
  • Desenvolver e estimular a expressão corporal;

Conteúdos:

  • Data comemorativa – Folclore;
  • Coordenação motora – ampla e fina;
  • Discriminação auditiva e visual;
  • Expressão oral;
  • Esquema corporal;
  • Ritmo e dança;
  • Músicas;
  • Artes plásticas;
  • Dramatização e criatividade;
  • Sistema de numeração – noção de quantidade;
  • Formas e cores;

Metodologia:

  • Conversas e debates relacionados ao tema;
  • Grafismo – desenho, pintura, traçado, dobraduras;
  • Recortes e colagens;
  • Jogo – memória e quebra-cabeça;
  • Reprodução de histórias;
  • Músicas – cantigas;
  • Historinhas e lendas;
  • Escolher por meio de votação as lendas preferidas dos alunos;
  • Elaborar um gráfico com o resultado da votação;
  • Confecção de um painel da lenda do Boto;
  • Construção da Árvore do Curupira;
  • Confecção de um painel do Saci-Pererê;
  • Construção do mural da lenda da Iara;
  • Construção do Boitatá com material de sucata;
  • Construção de brinquedos;
  • Teatrinho das “Travessuras de Saci-Pererê”.

Culminância: exposição dos trabalhos confeccionados pela turma e apresentação da peça teatral “As aventuras de Saci.

Avaliação: Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.

“Todo conhecimento começa num sonho.

O conhecimento nada mais é que a aventura pelo mar desconhecido,

em busca da terra sonhada.

Mas sonhar é coisa que não ensina.

Brota das profundezas da terra.

Como mestre só posso então te pedir uma coisa:

Conte-me seus sonhos para que sonhemos juntos”.

Rubem Alves

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens antigas

Link-me 2

Link-Me


Em qual área da educação que você trabalha?

Prometo:

Prometo valer-me do conhecimento que me foi dado como instrumento de mudança e construção de um mundo onde o homem possa realizar-se com liberdade. Prometo, no exercício de minha profissão, enfrentar os desafios que a educação me propõe, com criatividade, perseverança e competência, buscando novos caminhos para o processo educacional. Prometo envolver-me com meus alunos no espaço que existe entre teorizar e viver a prática, porque acredito ser nesse espaço que educadores e educandos se encontram e se transformam mutuamente. Prometo não isolar no gabinete da Administração Escolar, mas dele partir para uma realidade mais abrangente, em que eu possa enxergar o homem no seu contexto social e político e que o meu trabalho na educação tenha um sentido justo, observando sempre os dispositivos legais e éticos da profissão.

 

Cantinho das Sugestões. Copyright © 2009 Cookiez is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template