quarta-feira, 30 de setembro de 2009

EDUCAÇÃO FÍSICA

EDUCAÇÃO FÍSICA (JUDÔ/BALÉ/JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.
Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.

JOGOS E BRINCADEIRAS:
Algumas sugestões que ajudarão a utilizar os jogos e brincadeiras de forma mais adequada e proveitosa no ensino:
a) Defina, de forma clara e precisa, os objetivos a serem atingidos com a aprendizagem. Os jogos e brincadeiras podem ser usados para adquirir determinados conhecimentos (conceitos, princípios e informações), para praticar certas habilidades cognitivas e para aplicar algumas operações mentais ao conteúdo fixado.
b) Determine os conteúdos que serão abordados ou fixados através da aprendizagem pelo jogo ou pela brincadeira.
c) Formule as regras de forma clara e precisa para que não dêem margem de dúvidas.
d) Especifique os recursos ou materiais que serão usados durante a realização do jogo ou brincadeira, preparando-os com antecedência ou verificando se estão completos e em perfeito estado para serem utilizados.
e) Explique aos alunos, oralmente ou por escrito, as regras do jogo ou brincadeira, transmitindo instruções claras e objetivas, de modo que todos entendam o que é para ser feito ou como proceder.
f) Permita a participação, a motivação e estimulação de todos os integrantes do grupo ou equipe.
Como qualquer aula, os jogos e brincadeiras também devem ser planejados. O trabalho planejado é importante e necessário porque evita a improvisação; ajuda a prever e superar dificuldades e contribui para consecução dos objetivos estabelecidos com economia de tempo e eficiência da ação.

Alguns exemplos de jogos ou brincadeiras
1) Dança da Cadeira ou Estátua.
2) Corrida do Saco.
3) Corrida da batata ou ovo cozido.
4) Boliche ou Pescaria.
5) Colocar roupas ou tênis.
6) Pintar o amigo (palhaço ou animais).
7) Mímicas, imitações ou adivinhações.
8) Atividade com bexiga ou chapéu.
9) Atividade com sucata.
10) Atividade com diferentes tipos de bolas.
11) Karaokê.
12) Morto ou Vivo.
13) Desenho, pintura ou colagem.
14) Corrida com obstáculos.
15) Tomba-Latas.
16) Cantigas de Roda.
17) Desfile.
18) Formação de palavras.
19) Jogo da memória e outros.
Inglês e Informática

Será proporcionado às crianças o contato com inglês e informática, através de atividades, músicas, vídeos, cartazes, desenhos e pinturas.
A informática visa facilitar a aprendizagem de conteúdos curriculares, o uso do computador no processo pedagógico apresenta dois objetivos básicos:
melhorar a qualidade de ensino;
familiarizar o jovem com uma nova tecnologia, no qual utilizaremos software educativo e atividades complementares.

EDUCAÇÃO FÍSICA (JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.

Aspectos Psicológicos
Estão divididos de duas maneiras:

Fator afetivo Emocional
A escola deve proporcionar um ambiente tranquilo e acolhedor no sentido de amenizar a angústia do educando diante da ausência dos pais e frente a situações novas.
Fator Cognitivo
Através de um ambiente repleto de afeto, o professor deverá elevar a auto estima da criança com o objetivo de proporcionar o pleno desenvolvimento do potencial cognitivo de cada um respeitando sua singularidade e sua maturidade psicobiosocial.
Aspectos sócios-culturais
A escola prepara a criança para conviver com grupos sociais mais amplos que a família; a pré-escola deve fornecer-lhe elementos para conhecer esses gurpos sociais, e o fará partindo do próprio universo infantil: a família, a casa, a escola, a comunidade, as profissões, datas comemorativas,etc.

ASPECTOS BIOLÓGICOS
Ao propor atividades que visam à observação e compreensão de determinados aspectos biológicos, a pré-escola está fornecendo à criança condições para desenvolver o raciocínio lógico e incorporar o método contínuo de investigações, essenciais para posterior estudo das ciências naturais. O trabalho prático poderá se realizar através de alguns itens: as partes do corpo humano, higiene e saúde, alimentação, animais plantas, etc.

2 comentários:

ALAN E MARGA on 9 de fevereiro de 2010 11:58 disse...

muito bom adorei as dicas e as brincadeiras...!gostaria de uma dica para a hora do descanço depois do almoço eles não param de falar e não consigo me comunicar com eles, gostaria de uma dica ou uma brincadeira para fazer eles me ouvirem e se acalmarem (faixa etaria 6 e 7 anos)obrigada!!

Tuany on 14 de abril de 2010 15:10 disse...

Parabáns pelo blogger ele é muito informativo adorei ele me ajudou muito continue com esse trabalho.

Postar um comentário

COMPARTILHAR

Postagens antigas

Ocorreu um erro neste gadget

Link-me 2

Link-Me


Em qual área da educação que você trabalha?

Prometo:

Prometo valer-me do conhecimento que me foi dado como instrumento de mudança e construção de um mundo onde o homem possa realizar-se com liberdade. Prometo, no exercício de minha profissão, enfrentar os desafios que a educação me propõe, com criatividade, perseverança e competência, buscando novos caminhos para o processo educacional. Prometo envolver-me com meus alunos no espaço que existe entre teorizar e viver a prática, porque acredito ser nesse espaço que educadores e educandos se encontram e se transformam mutuamente. Prometo não isolar no gabinete da Administração Escolar, mas dele partir para uma realidade mais abrangente, em que eu possa enxergar o homem no seu contexto social e político e que o meu trabalho na educação tenha um sentido justo, observando sempre os dispositivos legais e éticos da profissão.

 

Cantinho das Sugestões. Copyright © 2009 Cookiez is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template