COMPARTILHE

segunda-feira, 6 de abril de 2009

PLANOS DE AULA (PROJETO PÁSCOA)

Rotina: chamada e calendário.

Rodinha: em círculo, mostrar aos alunos um cartaz ilustrando a Páscoa, após conversar sobre o assunto e questioná-los.
Atividade: hora do conto. (contar a história e após questionar os alunos).




O coelhinho que não era de Páscoa
Ruth Rocha
Vivinho era um coelhinho. Branco, redondo, fofinho.Todos os dias Vivinho ia à escola com seus irmãos.Aprendia a pular, aprendia a correr...Aprendia qual a melhor couve para se comer.Os coelhinhos foram crescendo,
chegou a hora de escolherem uma profissão.Os irmãos de vivinho já tinham resolvido:- Eu vou ser coelho de Páscoa como meu pai.- Eu vou ser coelho de Páscoa, como o meu avô.- Eu vou ser coelho de Páscoa como meu bisavô.E todos queriam ser coelhos de Páscoa,
como o trisavô, o tataravô, como todos os avôs.Só Vivinho não dizia nada.
Os pais perguntavam, os irmãos indagavam:- E você Vivinho, e você?- Bom – dizia Vivinho – eu não sei o que quero ser.Mas sei o que não quero: Ser coelho de Páscoa.O pai de Vivinho se espantou, a mãe se escandalizou e desmaiou:- OOOOOHHHHH!!!Vivinho arranjou uma porção de amigos:O beija-flor Florindo, Julieta a borboleta, e a abelha Melinda.

- Onde é que já se viu coelho brincar com abelha?- Os irmãos de Vivinho diziam.Os pais de Vivinho se aborreciam:- Um coelho tem que ter uma profissão.Onde é que nós vamos parar com essa vadiação?
- Não se preocupem – Vivinho dizia
– estou aprendendo uma ótima profissão.- Só se ele está aprendendo a voar – os pais de Vivinho diziam.- Só se ele está aprendendo a zumbir – os irmãos de Vivinho caçoavam.Vivinho sorria e saía, pula, pulando
para se encontrar com seus amigos.O tempo passou. A Páscoa estava chegando.Papai e Mamãe Coelho foram comprar os ovos para distribuir.Mas as fábricas tinham muitas encomendas.
Não tinham mais ovinhos para vender.Em todo lugar a resposta era a mesma:- Tudo vendido. Não temos mais nada...O casal Coelho foi a tudo que foi fabrica da floresta.Do seu Antão, do seu João, do seu Simão, do seu Veloso, do seu Matoso,do seu Cardoso, do seu Tônio, do seu Petrônio, seu Sinfrônio.Mas a resposta era sempre a mesma:- Tudo vendido seu Coelho, tudo vendido...
Os dois voltaram pra casa desanimados.- Ora essa. Isso nunca aconteceu...- Não podemos despontar as crianças...- Mas nós já fomos a todas as fábricas. Não tem jeito, não...Os irmãos do coelhinho estavam tristes:- Nossa primeira distribuição... Ai que tristeza no coração!...
Vivinho vinha chegando com Melinda.- Por que não fazemos os ovos nós mesmos?- É que nós não sabemos.
Coelho de Páscoa sabe distribuir ovos. Não sabe fazer!
- Pois eu sei – disse Vivinho- Eu sei.- Será que ele sabe? – disse o Pai?- Ele disse que sabe – disseram os irmãos.- Ele sabe, ele sabe – disse a mãe.- E como você aprendeu? – perguntaram todos.- Com meus amigos. Eu não disse que estava aprendendo uma profissão?Pois eu aprendi a tirar o pólen das flores com Julieta e Florindo.E Melinda é a maior doceira do mundo. Me ensinou a fazer tudo o que é doce...A casa da família Coelho virou uma verdadeira fábrica.Todos ajudavam: Papai Coelho, Mamãe Coelha e os coelhinhos...e os amiguinhos também:florindo o beija-flor, a borboleta Julieta e
a abelha Melinda, a maior doceira do mundo.E era Vivinho quem comandava o trabalho.E quando a Páscoa chegou, estavam todos preparados.As cestas de ovos estavam prontas.
E os pais de Vivinho estavam contentes.A mãe de vivinho disse:- Agora, nosso filho tem uma profissão.E o pai de Vivinho falou:- Cada deve seguir a sua vocação...


Atividade 2: Pintar, decorar os ovinho da cesta.







Atividade 3: música - Coelhinho da Páscoa

Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim?
Um ovo, dois ovos, três ovos assim!
Um ovo, dois ovos, três ovos assim!

Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm?
Azul, amarelo e vermelho também!
Azul, amarelo e vermelho também!

Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar?
Com esta menina que sabe cantar!
Com esta menina que sabe cantar!

Coelhinho maroto, porque vais fugir?
Em todas as casas eu tenho que ir!
Em todas as casas eu tenho que ir!
Olga Bhering Pohlmann

Atividade 4: jogo das quantidades.
Materiais: várias fichas com desenho de ovinhos (três com um ovo em cada, três com dois ovos em cada e três com três ovos em cada).

Desenvolvimento: antes de a brincadeira começar, questionar e mostras no concreto, as quantidades de um a três.
Num determinado lugar colocar as fichas misturadas. Formar três grupos, e ao sinal do professor, um aluno de cada grupo terá que buscar a ficha com um ovo, após é escolhido outros três alunos que terão que buscar as fichas com dois ovos e logo outros buscarão as fichas com três ovos. Assim será com as fichas dos coelhinhos coloridos, o professor dirá a cor e os três alunos de cada grupo terão que buscá-los.

Atividade 5: jogo das cores.

Materiais: várias fichas com desenho de coelhinhos nas cores: azul, amarelo e vermelho.
Desenvolvimento: antes de a brincadeira começar, questionar e mostras no concreto, as cores.
A formação segue a mesma da brincadeira anterior. Porem os alunos, a pedido do professor, terá que buscar os coelhos na ditada.

Coelhinhos para colorir com as cores azul, amarelo e vermelho. (três cópias de cada)



Ovinhos para por em quantidade certa nas fichas. (três cópias de cada).



2 PLANO:

Rotina: chamada e organização dos alunos para o lanche.

Rodinha: cantar a música da aula anterior.“Coelhinho da Páscoa”.

Aplicar novamente o jogo das cores e das quantidades, da aula anterior.


NOVA MÚSICA: “A história da cabana” (Xuxa 3) após assistir a música no dvd.

Na cabana da floresta
morava uma linda garotinha
um coelhinho bateu na porta
pedindo ajuda:- Socorro! Socorro, por favor! Estou fugindo do caçador!
- Coelhinho pode entrar que eu vou te salvar.
Bis.

Debater:
Sobre a importância dos animais;
Sobre a caça;
Sobre a solidariedade;
Dramatização: encenar a música, montando um cenário com os alunos representando a casa e a floresta.
Obs: repetir várias vezes a cena, até que todos participem.

Confecção do cartaz do coelho.
Materiais: cartolina e muc.

Desenvolvimento: fazer o desenho do coelho com uma cesta, no tamanho de uma cartolina. Pedir para os alunos colorir os ovos desenhados no papel e após recortá-los para colá-los na cesta do coelho. Fixar o cartaz na porta da sala.
Brinquedo livre no pátio- playground.


Desenhos de ovos para colorir:













3 PLANO:

Rotina: organização dos alunos para o lanche e chamada.
Rodinha: conversa informal sobre os símbolos da Páscoa, questionar e debater com os alunos.Mostrar em fichas os símbolos e explicá-los:


Atividade: dedoches – mimeografar vários dedoches (dois para cada aluno) em uma folha e pedir aos alunos que pintem e recortem com auxilio do professor. Após colocá-los nos dedos e cantar a música Coelhinho da Páscoa, movimentando os dedoches.



Cartaz dos números: fixar na parede os cartazes com os números de 1 a 3 e suas quantidades.







Brincadeiras:
· Ache seu ovo ou seu coelho correspondente - Faça cartões com o desenho de ovos e coelhos, corte pela metade e distribua entre os alunos. Faça os alunos encontrarem sua metade e desenvolva outra atividade a partir daí, em dupla.

· Em duplas distribuir um quebra-cabeça, onde a dupla terá que montá-lo. O quebra-cabeça terá 4 partes (peças).














Brincadeira do "Coelhinho da páscoa disse": Professora diz: "Coelhinho da páscoa disse para pular em um pé só!" e as crianças devem imitar até a professora dizer para parar ou modificar o pedido.
Pode dizer movimentos como: gire, caminhe de frente, de costas, sentado, imitando um coelho, imitando um coelho comendo chocolate ou cenoura, etc. Após deixar os alunos dizer os movimentos aos colegas (ser o coelho).











1 comentários:

Dane on 23 de fevereiro de 2010 11:42 disse...

Adorei seu Blog, está de parabéns!
Me ajudou bastante. Obrigada!

Postar um comentário

COMPARTILHAR

Postagens antigas

Ocorreu um erro neste gadget

Link-me 2

Link-Me


Em qual área da educação que você trabalha?

Prometo:

Prometo valer-me do conhecimento que me foi dado como instrumento de mudança e construção de um mundo onde o homem possa realizar-se com liberdade. Prometo, no exercício de minha profissão, enfrentar os desafios que a educação me propõe, com criatividade, perseverança e competência, buscando novos caminhos para o processo educacional. Prometo envolver-me com meus alunos no espaço que existe entre teorizar e viver a prática, porque acredito ser nesse espaço que educadores e educandos se encontram e se transformam mutuamente. Prometo não isolar no gabinete da Administração Escolar, mas dele partir para uma realidade mais abrangente, em que eu possa enxergar o homem no seu contexto social e político e que o meu trabalho na educação tenha um sentido justo, observando sempre os dispositivos legais e éticos da profissão.

 

Cantinho das Sugestões. Copyright © 2009 Cookiez is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template